5 de setembro de 2012

O meu onze (2012/13)

Por uns momentos vou fingir que sou um catedrático do futebol...

Com a saída do Javi e do Witsel tornou-se muito complicado ter de actuar nos sistemas 4x2x3x1, 4x1x3x2 ou 4x4x2, já que não temos jogadores com características semelhantes. Por isso a solução passa pela aposta no 4x3x3, muito semelhante ao do fcp e do braga.

Perante os "ovos" que tenho ao meu dispor, esta seria a minha "omelete":


Como alternativa ao meu onze titular, escolheria estes por ordem de preferência:

ARTUR »»» Paulo Lopes »»» Mika »»» Júlio César

MAXI »»» Cancelo »»» Miguel Vitor »»» Bruno Gaspar
LUISÃO »»» Jardel »»» Miguel Vitor »»» João Faria »»» Fábio Cardoso
GARAY »»» Jardel »»» Miguel Vitor »»» João Faria »»» Fábio Cardoso
MELGAREJO »»» Luisinho »»» Carole »»» Luís Martins

MATIC »»» André Almeida »»» Leandro Pimenta »»» Luciano Teixeira
ENZO PÉREZ »»» Carlos Martins »»» Bruno César »»» André Gomes »»» Miguel Rosa
AIMAR »»» Bruno César »»» Carlos Martins »»» Miguel Rosa »»» André Gomes

SÁLVIO »»» Nico Gaitán »»» Nolito »»» Ola John »»» Ivan Cavaleiro
RODRIGO »»» Nolito »»» Nico Gaitán »»» Ola John »»» Ivan Cavaleiro
CARDOZO »»» Lima »»» Kardec »»» Cláudio Correa

14 comentários:

  1. Acho a equipa desequilibrada no flanco esquerdo, mais a mais sabendo que Melgarejo é muito ofensivo!

    Cumps.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Concordo.

      Mas acho que independentemente do sistema a utilizar, tendo o Melgarejo no 11, o flanco esquerdo estará sempre desequilibrado. Nesta táctica o apoio defensivo ao Melgarejo terá de vir do trio do meio-campo e não do extremo-esquerdo já que esse tem de ficar a pressionar alto a defensa adversária.

      Cumprimentos

      Eliminar
  2. Como não conheço ainda nada do Enzo, ainda por cima a defender... apostaria no Carlos Martins para o seu lugar, mais força, mais calma, e não é um extremo puro como Enzo o que lhe dá mais conhecimento táctico para fazer as vezes de Witsel... além disso Aimar também não tem disponibilidade para defender.

    Seja como for se o JJ apostar num 433 não poderá fugir muito a isso... o problema vai ser se apostar no 442... a táctica kamikaze!

    Cumps

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Se for este o sistema adoptado, acredito que existirá uma grande rotatividade entre o Martins e o Enzo nessa posição. O português traz mais garra à equipa, remata mais vezes, mas defende pior e perde muitas bolas, enquanto o argentino transporta melhor a bola, não falha muitos passes, mas fica a perder na intensidade que dá ao jogo. Por isso, é necessário saber que adversário defrontamos.

      O Aimar continua a ter o papel de maestro, mas tem de ajudar no procedimento defensivo mas com menos intensidade que o Enzo/Martins e Matic.

      Concordo em absoluto com a tua referência ao 4x4x2... KAMIKAZE!

      Cumprimentos

      Eliminar
  3. desperdício meter o Rodrigo tão descaído...quem não vir no Rodrigo um grande ponta-de-lança anda a ver muito mal!!!!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O Rodrigo desempenha muito bem qualquer uma das 3 posições do ataque, sobretudo quando se trata de jogar em 4x3x3. Quem pode sentir mais desconforto a jogar nesta táctica é o Cardozo, porque não tem tanta mobilidade como o Rodrigo, o Sálvio e até mesmo o Lima.

      Eliminar
  4. Concordo com a táctica, e até acho que com esses ovos se pode fazer uma excelente "omelete", apenas trocaria posição do Enzo, jogaria mais como interior esquerdo, até mesmo para muitas vezes poder fechar e atacar pela ala, permitindo ao Rodrigo fazer diagonais para o meio, para aparecer em situações de finalização.
    Também rodar o Aimar com o Carlos Martins ou o B.César, para fazer descansar o Mago e apostaria no Miguel Rosa para fazer o mesmo com o Enzo.
    No ataque do lado direito Sálvio, como é óbvio, e rodar com o Ola John, Cardozo no meio e o Rodrigo a descair para a esquerda, onde tb pode jogar ou o Nolito ou o Gaitan, o Lima para rodar com o Cardozo, em especial em alguns jogos fora, mais complicados, ainda que em muitos jogos também apostaria no Rodrigo a ponta de lança.
    Assim penso que a "omelete" seria muito boa e daria até para ir rodando todos os jogadores, o que também é importante numa época longa e desgatante , o problema é que sabemos que Jesus muito dificilmente jogará assim, será o 4-4-2 de sempre...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. JM,

      Começando pelo final do teu comentário, também acredito que o "catedrático de serviço" continue a apostar no seu 4x4x2 (ou 4x1x3x2, ou 4x2x3x1).

      Agora voltando ao inicio, é muito bem visto a questão do Enzo, e a rotatividade que posteriormente referes, terá de IMPERAR nesta equipa, independentemente da táctica a usar.

      Mais um pormenor, o 4x3x3 obriga a uma grande mobilidade dos 3 homens da frente e receio que o grande prejudicado possa ser o Cardozo.

      Já o disse em anteriores posts, que a presença do Tacuara no Benfica, tem impedido o JJ de utilizar o 4x3x3... Posso estar errado, mas... É um felling...

      Eliminar
  5. Respeitando todas as opiniões julgo que falta "músculo" ao meio campo e que no panorama actual, a meu ver, só pode ser dado por um jogador a actuar mais no miolo - Maxi Pereira. Matic, Enzo, Aimar , Martins, tudo muito suave. Problema no corredor direito? sim!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Acho que eu não conseguiria dizer melhor... Falta de "músculo"!

      É exactamente por não termos isso actualmente no plantel que acredito que o JJ não deve continuar a apostar no seu sistema...

      Matic não é um Javi e o Martins/Enzo não são um Witsel...

      Porque é que eu insisto no 4x3x3? Se virmos várias equipas (nacionais e estrangeiras) muitas jogam nesse sistema e o jogador mais recuado do trio de maio-campo nem sempre é um jogador com as características do Javi (mais destruidor que construtor). Normalmente são jogadores que para além do trabalho defensivo sabem sair a jogar com a bola controlada no pé, possibilitando à equipa que suba em bloco e é neste aspecto que reconheço qualidades no Matic.

      Problemas no corredor direito? Sim... Desde à muitooooo tempo!

      Eliminar
  6. Vou dar a minha opinião, sendo certo que se exige um ou dois reforços em janeiro e não são fáceis de arranjar.

    ______________________Artur______________________________
    Maxi________Luisão______________Garay__________Melgarejo
    ________________________Matic___________________________
    __________Carlos Martins__________Aimar_________________
    Salvio____________________________________________Gaitán
    ______________________Rodrigo/Cardozo___________________

    Para mim é a equipa que me dá mais garantias.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Acho que é uma equipa perfeitamente válida...

      Umas vezes o Enzo será mais útil, outras vezes será o Martins.

      Cardozo ou Rodrigo no meio? Claro que sim... E até podem jogar os 2, se encostarmos o Rodrigo a umas das alas.

      Gaitán? Se estiver motivado, será uma mais-valia importante.

      Ola John? Temos de ser muito pacientes com o miudo. Não podemos contribuir para o linchamento que certos "avençados" querem fazer...

      O fundamental é que exista rotatividade!

      Sobre o Mercado de Inverno, eu tenho as minhas duvidas... O Benfica trabalha muito mal esse aspecto e ainda para mais devia olhar para o passado recente e aprender que por vezes é necessário ir buscar um ou outro jogador que contribuia para o sucesso da equipa...

      Em 2009/10 fomos buscar o Éder Luís, Airton e Kardec e foram úteis para a conquista do titulo.

      Em 2004/05 fomos buscar o Nuno Assis e fomos campeões.

      Em 2011/12 fomos buscar o Djaló e em 2010/11 veio o JL Fernandéz, ou seja jogadores que já se sabia que pouco ou nada traziam de novo à equipa...

      Neste aspecto somos autênticos amadores!

      Eliminar
  7. Quase, quase!

    GR: Artur
    Def.: Maxi - Luisão - Garay - Melga
    Trinco: Matic
    8/10: Enzo - Aimar
    Alas: Sálvio Nolito
    AV: Cardozo ou Rodrigo

    Notas:
    Enzo - Muito bom tacticamente, boa qualidade de passe e visão (não tem tanta imponência física como Witsel);
    Aimar alterna com Enzo o apoio próximo ao Av.
    Rodrigo é um ponta de lança nato, nas desmarcações e no posicionamento, NUNCA pode ser utilizado de forma REGULAR como extremo ou segundo avançado (quase 10), porque não tem características adequadas e tem de melhorar mais a nível do apoio aos médios (recuar, tabelar/distribuir/segurar e se desmarcar), ou seja, como PL é brutal, noutra posição é mediano.

    Nolito e Aimar (e ainda Enzo) são os jogadores mais inteligentes e que melhor percebem o jogo no Benfica, nunca podem deixar de ser titulares, por isso o Gaitán (com um potencial enorme, mas que só se esforça mais nos jogos europeus) deve apenas ser utilizado quando demonstrar nos treinos maior empenho a fazer mais do que tentar fintinhas e alguns cruzamentos (que geralmente são muito bons).

    Infelizmente a posição mais deficitária é a de trinco, porque, não obstante o Matic poder fazer um trabalho interessante (ainda está a aprender como desenpenhar o lugar), temos jovens que ainda não demonstraram tarimba (também ainda não tiveram oportunidade).

    O Carlos Martins poderá ser muito importante para jogos contra equipas com "autocarros" na defesa, para aproveitar o seu bom remate e a possibilidade de realizar algum passe menos esperado de modo a aproveitar alguma desmarcação.

    É importante trazer os jovens da B que podem desempenhar lugares mais carenciados de modo a se habituarem às andanças da A: Cancelo, André Gomes, Miguel Rosa (ainda eventualmente o Cavaleiro).

    A equipa está muito mais fraca, mas não podemos deitar a toalha ao chão e até Janeiro é importante não deixar fugir o segundo lugar na champions, manter-se nas taças internas e não estar a mais de 3 pontos da liderança da liga (se não for possível liderar), altura em que poderá ser necessário realizar algum ajuste no plantel.

    Mas a minha opinião do que o JJ, mestre da táctica kamikase, irá fazer é jogar num 442 que em fase atacante se torna praticamente num 3 - 3 - 4 com graves dificuldades em recuperar bolas quando as perde (contra-ataque).
    Espero que tudo corra pelo melhor, que haja uma alternativa credível ao Vieira e que se pondere bem se este é o treinador que queremos para a próxima temporada (tem de ser nesta a não ser em caso de grande ecatombe) e para a próxima, possivelmente, optar por um outro de qualidade mas tacticamente mais equilibrado do ponto de vista defesa/ataque, ex. Leonardo Jardim ou Peseiro.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Brilhante análise, apesar de termos uma ou outra divergência nas escolhas dos jogadores...

      Muito dificilmente o Jorge Jesus se manterá na luz, ao contrário do que vai acontecer com LFV (infelizmente). Mas quem já teve um Damásio e um Vale e Azevedo a liderar o clube e nunca atirou a toalha ao chão, não ia ser com LFV que se começava a fazê-lo! Estejam lá os Rojas, os Escalonas, os Uribes, os Betos ou os Bossios (é melhor parar, para não ficar deprimido), o Benfica joga sempre para ganhar!

      É assustador esse 4x4x2 kamikaze... ASSUSTADOR!

      Eliminar